O que é a robótica educacional?

Afinal, o que é robótica educacional? Estamos aprendendo robótica ou usando a robótica para aprender? 

A robótica educacional é uma abordagem que surgiu na década de 60 com o Seymour Papert. 

segundageracao

Acredite se quiser, na época em que os computadores tinham o tamanho de uma sala de estar e não eram objetos de uso pessoal, já tinha gente pensando em como esse equipamento poderia ser usado na aprendizagem e para estimular a criatividade. Inspirado nas ideias de Piaget sobre o construtivismo, Papert criou o construcionismo. No construcionismo o aluno é um construtor e o seu conhecimento vai acontecer no processo das descobertas,  por meio de uma ação concreta, de uma construção palpável. Alguns anos depois, Papert criou um robô programável na linguagem logo e capaz de desenhar diversas figuras (de acordo com a programação que foi feita). 

mindstorms_turtle-x640

Papert viu a potencialidade que era o aprender através da criação, reflexão, tentar e ter um resultado final. A robótica educacional tem como princípio, facilitar a compreensão dos conteúdos em diversas áreas estimulando o raciocínio lógico e a criatividade. 

Atualmente, todas as crianças já utilizam celulares, tablets e computadores no dia a dia, então a tecnologia deve ser uma grande aliada para que elas aprendam os conteúdos disciplinares da escola regular, então se alinharmos o uso dessas tecnologias com o construcionismo de Papert, conseguimos garantir além da aprendizagem do conteúdo, envolvimento na atividade, interdisciplinaridade e o desenvolvimento de outras habilidades como trabalho em grupo, resiliência, organização, oralidade e escrita. 

Aposto que nesse momento você está pensando: “Tá bom, são muitas vantagens, mas e o investimento? Quanto eu preciso desembolsar para dar aulas de robótica educacional? Kits de robótica devem ser caríssimos!”

expensive

E aí o que eu te digo é, depende. 

Existem kits que são muito caros e você vai precisar de um grande investimento sim, mas ao mesmo tempo, encontramos diversos materiais de baixo custo que são acessíveis. O importante é pesquisar e ver quais são as alternativas que cabem melhor no orçamento da sua escola. Dependendo do seu objetivo com a atividade, os projetos podem ser feitos apenas com sucata ou até alguns componentes daquele ventilador ou liquidificador que parou de funcionar. Alguns projetos podem precisar de algo mais elaborado e pode ser um pouco mais custoso e nesse caso, a internet é uma ótima aliada para encontrarmos alternativas. 

E se você chegou até aqui embaixo e ainda não está completamente convencido escuta o nosso podcast e dá uma olhada nesse vídeo que eu encontrei de um projeto de feira. 

LINKS

Anchor.fm ; Spotify ; RadioPublic ; Apple Podcast

Participantes: 

Aninha, Elvis, Jerônimo e Thamine

Edição: 

Luan Dianderas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s